Ó profundidade das riquezas, tanto da sabedoria, como da ciência de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis, os seus caminhos! Porque quem compreendeu o intendo do Senhor? Ou quem foi seu conselheiro? Ou quem lhe deu primeiro a ele, para que lhe seja recompensado? Porque dele, e por ele, e para ele são todas as coisas; glórias, pois, a ele eternamente. Amém! - Romanos 11.33-36.

sábado, 22 de março de 2014

Outono

Infelizmente as nuvens do outono pairaram sobre o meu coração.
Cobriram os raios de sol que radiantemente brilhavam em minha alma.
Ele chega assim, tão perto, de tão perto, que você nem espera que ele venha.
Ele é próximo, está ao seu lado, mas te surpreende com suas nuvens.
Mas, não há preocupação.
As nuvens do outono sempre vêm acompanhadas dos raios do sol,
do seu sorriso.

:)

Nenhum comentário:

Postar um comentário