Ó profundidade das riquezas, tanto da sabedoria, como da ciência de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis, os seus caminhos! Porque quem compreendeu o intendo do Senhor? Ou quem foi seu conselheiro? Ou quem lhe deu primeiro a ele, para que lhe seja recompensado? Porque dele, e por ele, e para ele são todas as coisas; glórias, pois, a ele eternamente. Amém! - Romanos 11.33-36.

segunda-feira, 24 de março de 2014

Longe de ti tudo sempre para. Minha vida se torna uma constante espera pra ter você de novo e começar a rodar novamente. O mundo para de girar quando não estou com você, e nada me resta a não ser esperar que ele volte a girar novamente. :(

Nenhum comentário:

Postar um comentário