Ó profundidade das riquezas, tanto da sabedoria, como da ciência de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis, os seus caminhos! Porque quem compreendeu o intendo do Senhor? Ou quem foi seu conselheiro? Ou quem lhe deu primeiro a ele, para que lhe seja recompensado? Porque dele, e por ele, e para ele são todas as coisas; glórias, pois, a ele eternamente. Amém! - Romanos 11.33-36.

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

O relógio e o homem

Ao achar um relógio na praia, ninguém diria: "Oh, olhe o que o vento e as ondas produziram". Ao invés disso, instantaneamente reconheceríamos como sendo uma estrutura que só pode ter sido produzida por um agente inteligente. Da mesma forma, os seres vivos têm um tipo de estrutura que só pode ter sido produzida por um agente intelizente.

Baseado na anologia de William Palley.

Nenhum comentário:

Postar um comentário